Covid-19: o regresso do pré-escolar na Maia em segurança
01-06-2020

O pré-escolar abriu com todas as medidas de higiene e segurança. A Câmara da Maia deu panamás com viseiras a todas as crianças. 11 semanas depois de se ter visto obrigada a fechá-las, os Jardins de Infância do concelho voltaram a abrir portas. À semelhança do que se passou de Norte a Sul do país, as crianças puderam comemorar o seu dia com amigos e educadores – mas sem descurar todos os cuidados exigidos pela pandemia. Cláudia Alves, Presidente da Associação de Pais da EB1/JI de Pedras Rubras, confirma que, apesar da 'apreensão inicial, natural devido às circunstâncias excecionais que vivemos', a mensagem que chegou aos pais por parte da autarquia maiata foi de tranquilidade e segurança. 'Vê-se bem que a escola foi higienizada e que houve cuidado, por parte da Câmara, com todas as instalações, para receber as crianças dignamente', considerando este momento como um 'bom teste para o que se poderá passar em setembro'. O presidente do Município, António Silva Tiago, juntamente com a vice-presidente e vereadora da Educação, Emília Santos, assinalou o regresso dos mais novos na EB1/JI de Pedras Rubras, tendo sublinhado que 'este é um dia feliz e um momento de grande simbolismo. Os mais novos voltaram à escola no Dia Mundial da Criança. Não podia ser em melhor data. E a Câmara, através do pelouro da Educação, garantiu que o fizessem com todas as medidas de segurança.'. As refeições são entregues em materiais descartáveis à porta da escola, minimizando a circulação de elementos externos no interior do recinto. Todas as crianças têm agora panamás com viseiras integradas, visto que a DGS não recomenda o uso de máscara em crianças com menos de 6 anos. Este equipamento, conjugado com o material de proteção individual usado por todos os profissionais escolares, promove um regresso seguro e tranquilo ao pré-escolar.

025